Was It A Dream?
sexta-feira, 21 de janeiro de 2011
 
Eu estou farta das pessoas ao meu redor toda hora dizendo "Você é troxa". Troxa? estar apaixonada agora é ser troxa? correr atrás de quem você gosta agora é ser troxa? querer estar com alguém apesar dos erros, conflitos e complicações é ser troxa? Sofrer por querer tanto algo é ser troxa? Esperar que algum dia aquilo possa dar certo é ser troxa? Se for isso, é, eu realmente sou troxa.
 
 
E mais uma vez estou aqui, perdida. Eu sei que a maioria das pessoas são complicadas mas você? Eu realmente não consigo entender. Você diz que gosta de mim, e por motivos idiotas fica bravo comigo, fala coisas que me fazem ficar pensando o quanto eu estou sendo ruim, então você viaja e faz besteiras com outra garota, você volta e fica bravo comigo pelas besteiras que eu fiz por consequencia das suas besteiras, e sempre que estou prestes a desistir de tudo, você aparece dizendo que me quer. E eu que pensei que fosse complicada. Pela primeira vez na vida eu sei o que eu realmente quero, e o que eu quero é estar do seu lado, o tempo todo. O problema é que eu duvido de tudo o que você diz, eu simplesmente não consigo acreditar em poucas palavras. Seus atos não correspondem com suas palavras. Você faz coisas erradas, e eu faço o mesmo pra tentar não ficar por baixo, e acaba que a culpa é sempre minha, sendo que você é sempre o primeiro. Quer saber? quando você decidir o que quer, eu vou estar aqui.
 
sábado, 15 de janeiro de 2011
  Depois do erro a redenção.
A única coisa que eu sinto agora é uma enorme vontade de sumir, não pra sempre, por um tempo. Pra qualquer lugar longe daqui, me afastar. Eu sei que por mais que eu suma, os problemas vão continuar. Eu sei que eles não vão sumir do nada, e não vão se resolver sozinhos, mais eu preciso de "férias". Mais do que tudo eu preciso pensar, e ultimamente esta difícil fazer isso. É muita coisa na minha cabeça ao mesmo tempo, eu nem tenho mais controle sobre meus atos. Eu faço as coisas sem pensar e me arrependo depois. Você ta entendendo? eu preciso parar com essa rotina por um tempo, preciso de um lugar onde todos esses problemas estejam longe pra que eu possa rever meus atos, pensar e pensar e finalmente chegar a uma conclusão sobre tudo. Preciso mudar coisas em mim mesma, preciso parar de agir assim. Sinto vontade constante de chorar, meu coração vive apertado, é como se eu tivesse carregando um enorme peso nas minhas costas. Eu sei tudo que estou fazendo de errado, só não sei como concertar tudo isso, não sei mais lidar com nada. Eu preciso de ajuda, eu preciso ser salva.
 
sexta-feira, 14 de janeiro de 2011
 
Foi revendo todos os meus atos que eu percebi que sempre estive errada. Tudo que eu fiz foi errar com você, desde o principio. Meus erros involuntariamente fizeram você errar comigo também. E assim a gente prossegue, errando um com o outro. Até quando? Até quando a gente vai viver nessa guerra de quem machuca mais? Eu não consigo mais suportar.
 
segunda-feira, 3 de janeiro de 2011
 
Tudo está tão errado. As pessoas estavam sempre me dizendo o quanto você era ruim e só se importava consigo mesmo. Eu sempre ficava pensando "eu vou tomar continuidade e se caso eu me machucar, tudo bem, pelo menos eu tentei" e aqui estou eu, machucada como previsto. Eu sei que fiz coisas ruins pra você também, mais porque tu tem que agir assim sempre? Tudo o que você pensa e quer são meninas, não importa quem, você só precisa sempre de uma. Aí eu começo a me sentir um lixo e pensar porque você estava comigo? por que eu sou uma menina, e era apenas disso que você precisava, não era de mim, nem do que eu sou, só eu fato de eu ser alguém que você tinha nas mãos bastava. Eu passo noites olhando para o celular esperando por uma mensagem, ou esperando por uma palavra sua no msn mais nada acontece.
Você percebeu que estou te rejeitando? porque você acha que eu faço isso? porquê não te quero mais? Muito pelo contrário, eu te quero ainda mais, e esse é o problema. Sinto que nunca vou poder ter você inteiramente para mim, porque ao mesmo tempo que você me quer, você esta querendo as outras.
Você me fez esquecer uma pessoa amada e me tirou do sofrimento, mais infelizmente você me provocou outro.
 
domingo, 19 de dezembro de 2010
  Confusão.
Eu estou confusa. Eu sou confusa. Sempre me acho forte, mas as vezes me sinto tão fraca. Sou frágil.
Acredito facilmente nas palavras alheias, mas as vezes eu fico pensando se realmente tudo que me dizem são palavras sinceras, se o que você diz, é recíproco.
Como eu já disse, é difícil acreditar nas suas palavras. Não é uma coisa que eu possa controlar, eu simplesmente não consigo acreditar. Eu não sei porque isso acontece, mais sei que você não tem culpa, isso vem de mim.
As vezes eu até consigo sentir, e acreditar, mas quando eu chego em casa fico pensando se é real.
Posso dizer com a maior certeza que você também desconfia das minhas palavras, dos meus sentimentos. Pelas mancadas que eu dei com você e tudo mais, eu sinto isso e posso ver nos seus olhos a dúvida.
Tudo o que podemos fazer é esperar. Devemos criar laços, e esperar que cresça algo bonito dentro de nós, quem sabe o amor, ou a confiança. Talvez daqui a um tempo estaremos acreditando nas palavras um do outro, ou talvez não, mais cabe a nós tentar, e descobrir o que somos, o que temos, e o que queremos.
 
quarta-feira, 15 de dezembro de 2010
  Sem mais.
Existem situações em que eu me sinto sem saída, sem saber o que fazer. Fico pensando se estou passando a impressão errada, e por causa dessa paranóia muitas vezes mudo meu jeito de agir com tais pessoas. Mais e se não for nada disso? Somos amigos, e eu sempre fui de fazer essas brincadeirinhas, porque seria diferente agora?
Pensei que deveria parar de agir assim, mais se eu parasse, aí sim alguma coisa estaria errada.
Fico imaginando se você já começou a se sentir desconfortavel com isso, mais penso ser besteira minha.
Nada mais a declarar.
 
terça-feira, 14 de dezembro de 2010
  Destruir.
Não entendo o poder que eu tenho de destruir qualquer relação amorosa que eu tenho. Ultimamente eu só tenho estragado as coisas. As pessoas sempre gostam, se doam e depois se doem. Me sinto um monstro.
O pior de tudo é que eu sempre sou a que mais sofro. Me sinto culpada, e sinto falta, me sinto perdida.
E aqui estou eu, perdida novamente. E aquela foi eu, estragando outra relação.
Eu sabia que tudo poderia desabar a qualquer momento, mais eu não sabia que seria tão fraca por não tentar mais. Eu pensei que eu poderia suportar, e reconstruir tudo, mais eu sou muito menos que isso.
Tudo o que me resta é ficar sozinha, por muito tempo. Estou cansada das feridas, estou cansada de ferir. Não quero mais vitimas.
 
sábado, 4 de dezembro de 2010
  Hoje.
Eu pensei que se tivesse outra pessoa para substituir ele, a dor finalmente ia acabar. Com o tempo eu percebi que não era bem assim, eu te usei. Usei você, iludi você e depois percebi o tamanho do erro que eu estava cometendo. A partir dali eu tinha criado um problema igual o meu, só que em outra pessoa, e tudo porque eu estava tentando superar o meu erro. E eu errei de novo.
Eu não fui total culpada disso, você sabia exatamente o que eu estava fazendo e não fez nada para impedir, você continuou se iludindo com meus beijos e se viu diante de uma situação complicada. Você sabe, eu não possuía sentimentos por você, mais você estava tão cego que nem ligava pra isso.
Estive pensando, talvez não tenha sido nada disso. Talvez você também estivesse me usando, ou talvez você nem tivesse sentimentos por mim também. Eu realmente não sabia de nada, porque apesar das suas palavras, é difícil acreditar em você.
Aí você me trocou.
Me senti aliviada por isso, tinha tirado um enorme peso das minhas costas.
E aquela era eu, ainda sofrendo por ele.
Uma visão, e tudo mudou. Você beijando outra garota? isso foi demais pra mim. Não consegui controlar meus sentimentos por mais que eu quisesse, e naquele momento eu percebi que tinha cometido mais um erro. O mesmo erro. Eu me senti perdida e sozinha, sem saber o que fazer. Aquilo estava acontecendo de novo comigo, eu não podia suportar essa dor mais uma vez, não mais.
Tudo que eu queria era correr pro meu quarto, chorar e chorar. E eu o fiz.
No dia seguinte acordei e percebi que eu poderia ser mais forte que isso, eu não queria, e eu não ia passar por aquilo mais uma vez, e decidi seguir em frente, sem nenhum coração partido.
Meu plano estava dando certo, mais você resolveu voltar do nada. E eu fiquei confusa, porque comecei a achar que eu era apenas uma brincadeira pra você, que você poderia me ter a hora que quisesse e depois poderia me largar e ir ficar com outras. Pensava que você me queria e segundos depois pensava que não. E no momento em que eu decidi te esquecer definitivamente, você simplesmente deixou meu coração derreter com apenas 3 palavras: Eu te amo. E eu só consegui dizer "Eu também te amo". E eu amo.
Agora tudo esta completamente ótimo, e eu tenho medo que a qualquer momento tudo isso possa desmoronar.
Eu só quero aproveitar esse momento, aproveitar você, nós. E eu não estou preocupada com o que pode acontecer, porque o que tiver que acontecer, certamente vai acontecer. Talvez eu tenha que sofrer, mais o que importa? já o fiz tantas vezes. Afinal, é impossível ser completamente feliz a vida inteira não é? Então vamos aproveitar os momentos bons enquanto podemos. Não vou fazer planos, sem planos. Não vou dizer que a gente vai casar, nem discutir o nome dos nossos filhos, tudo que eu quero, e tudo que eu tenho é o hoje. E tudo que eu tenho no hoje é você. Eu só quero o hoje.
 
quinta-feira, 2 de dezembro de 2010
  Onde está?
Lembra como costumavamos ser? Tão próximas, tão amigas. Se lembra de como você costumava ser feliz? Você ria de tudo, estava sempre me abraçando, onde está aquela garota que eu conheci? Como pode você jogar tudo pro alto de um dia pro outro? Aquela garota doce e divertida, passou a ser uma garota ignorante e fria. Penso que essa atitude é só comigo, então me pergunto, o que eu te fiz?
E todos aqueles momentos que passamos juntas? as férias que você morou na minha casa? o que fazer com eles?
Odeio ter que lembrar de tudo e ver que nada mais é igual, porque mudou?
Pior de tudo é eu não saber o que aconteceu, você mudou? eu mudei? nós mudamos? o que houve?
Eu realmente gostaria de entender tudo isso, então eu logo acharia uma solução. Não é fácil. Vez ou outra eu choro antes de dormir, lembrando de como a gente costumava ser, e me dói mais que tudo saber que não somos mais.
Eu te amo, e não vou deixar de amar nunca, eu só quero que você perceba a situação em que nós estamos, assim então, poderemos concertar.
 
  Eu mudei você involuntariamente.
As pessoas estão sempre querendo mudar umas as outras, isso nunca aconteceu comigo. Eu te conheci e te aceitei do jeito que você era, e por isso eu sabia que não iria dar certo. Eu não levei isso adiante porque não queria sofrer, e eu sabia que isso aconteceria. Acontece que você mudou, e eu fui o motivo da sua mudança. Eu fui tão estúpida, como eu pude? Você simplesmente deixou de ser aquele cara que queria todas, para ser aquele cara que queria apenas eu e mais ninguém, e eu estraguei tudo.
Hoje eu vejo que tudo que eu sofri até agora teve um motivo, eu fiz tudo errado e talvez eu tenha merecido esse sofrimento.
 

Minha foto
Nome:

Quem eu sou odeia o que me tornei.

Arquivos
Dezembro 2010 / Janeiro 2011 /


Powered by Blogger

Assinar
Postagens [Atom]